Como o marketing emocional pode potencializar a sua estratégia de venda e promoção

Quem nunca se emocionou assistindo a um comercial de TV? Ou escolheu comprar um produto depois de ser tocado pelo texto da propaganda?

Ora, atire a primeira pedra quem nunca tomou uma decisão movida pela emoção.

Por mais que os seres humanos sejam considerados racionais, e que, muitas vezes, acreditamos fazer escolhas de forma lógica, as nossas emoções e sentimentos sempre estão presentes para nos influenciar de uma forma ou de outra.

Motivação e emoção

As emoções são uma característica intrínseca ao ser humano. Todos nós temos sentimentos, o tempo todo, não importa a hora. Seja alegria, raiva, tristeza, angústia, medo… Elas estão sempre ali e, frequentemente, mesmo que de forma indireta e inconsciente, são elas que acabam regendo nossas ações e decisões.

Emotional Jason Sudeikis GIF

Numa era em que a relação entre marcas e clientes ultrapassou e foi bem além dos limites da compra e venda, em que os consumidores são cada vez mais ativos, participativos e perceptivos, o marketing emocional ganha ainda mais força e merece a nossa atenção.

Em um estudo produzido pela University of Southern California (EUA), pesquisadores descobriram que as pessoas com desempenho prejudicado na região emocional de seus cérebros eram capazes de pensar criticamente, mas incapazes de tomar decisões porque não tinham compreensão de como se sentiam sobre suas opções.

Isso prova como a maneira como percebemos os nossos sentimentos determina como tomamos algumas de nossas decisões.

E isso não é diferente quando estamos tratando de marketing digital. Pelo contrário: as emoções podem ser muito úteis nesse quesito.

Como as emoções podem ajudar sua estratégia de marketing de conteúdo digital?

Quando um conteúdo nos transmite algum tipo de emoção, é muito mais fácil de eles nos marcarem e serem lembrados. E no marketing, especialmente no meio digital, em que uma gama cada vez maior de empresas disputam espaço e atenção, conseguir ser lembrado por um consumidor é extremamente valioso.

Além disso, usar as emoções na sua estratégia de conteúdo também é uma forma de tornar a marca mais humana, o que estreita os laços com o público e fortalece a sua confiança.

New Clothes Jean Jacket GIF by Target

Afinal, quando elaboramos um planejamento de marketing, estamos pensando em uma forma de levar o nosso público a agir a favor da nossa marca, certo? 

Certo.

Portanto, é preciso pensar que: ações que visam somente a venda, pura e simplesmente, que focam apenas na informação de maneira lógica e direta, podem até funcionar, mas não terão o mesmo efeito de uma estratégia que estimula uma decisão emocional do cliente, que se conecta com as suas dores e anseios, e que o faz sentir conectado com o que você está oferecendo.

Todas as nossas decisões são guiadas por emoções, e se o seu público se sente cativado pelo que você faz e se importa com que você tem a dizer, as chances de obter resultados mais eficientes e duradouros são maiores.

“O marketing emocional conta uma história que conecta o público às marcas de uma forma pessoal e humana. À medida que novos canais de mídia, dispositivos e plataformas surgem, eles garantem que as pessoas tenham total acesso às histórias da marca. Além do mais, agora existem várias maneiras de as empresas transmitirem sua identidade e visão, tornando o marketing emocional muito mais simples.”

— Fabrik Brands

Como colocar o marketing emocional em prática?

Flamingo Services GIF

  1. Invista em campanhas que estimulem emoções;
  2. Produza conteúdo humanizado;
  3. Conheça e dialogue com as dores do seu público;
  4. Seja transparente sobre os seus valores;
  5. Aposte em boas estratégias de copywriting e produza textos assertivos usando gatilhos mentais;

Seja começando um negócio ou querendo melhorar a sua presença no mercado, o marketing emocional é uma das maneiras mais eficientes de conseguir que sua marca se destaque. Através da emoção, você pode construir uma conexão real e humanizada com o seu público, que vai além de simplesmente vender um produto ou serviço.

Afinal, em meio a um mercado tão concorrido e disputado, os números não bastam. É preciso adquirir a confiança e a fidedignidade das pessoas. E, independente do que você está oferecendo, uma estratégia de marketing emocional pode te ajudar a ter muito mais alcance e impacto.

Gostou deste post? Viu como as emoções são primordiais para a sua estratégia de conteúdo? Quer saber mais como aplicá-la no seu negócio! Entre em contato com a Atena Marketing! (84) 2040-1855 ou no Instagram: @atena.marketing ⚔️

Sobre o autor: Endy Mahara

Endy é estudante de jornalismo na UFRN e uma incrível criadora de conteúdo na nossa equipe Atena. Seu feed do Instagram coleciona fotos lindas e bem pensadas, demonstrando sua criatividade e cuidado com a estética. Além disso, ela também produz para um blog pessoal e é apaixonada por músicas, viagens e boas histórias.

Deixe um comentário