Saiba como acessibilidade e diversidade são essenciais para o marketing hoje
Mina segurando um celular com imagem de pessoas PCDs

Imagine caminhar por uma cidade onde todas as calçadas são feitas apenas para um tipo de pessoa, deixando de lado todas as outras. Parece estranho e injusto, não é? Pois é, a acessibilidade é uma necessidade e isso se explica pela diversidade das pessoas!

 

Dessa mesma forma, no mundo do marketing, é essencial que nossas campanhas sejam acessíveis e inclusivas para todas as pessoas, independentemente de suas características ou condições.

 

Hoje, vamos explorar como a diversidade e a acessibilidade não apenas como valores morais, mas também como estratégias para construir marcas autênticas e que realmente se conectam com seu público. Vem conosco!

 

Leia também: Entenda por que legendar os seus stories no Instagram

 

A importância da representatividade

 

Mais do que simplesmente incluir diferentes grupos em campanhas de marketing, é preciso reconhecer e valorizar a diversidade de experiências e identidades presentes na sociedade.

 

Isso se explica com a possibilidade da construção de uma conexão mais profunda e significativa da marca com seu público-alvo.

 

Quando vistas de maneira autêntica nas mensagens de uma marca, as pessoas se sentem compreendidas e respeitadas, o que promove a inclusão social, desafiando estereótipos e preconceitos, gerando maior tolerância e compreensão entre todos.

 

Para além da relação com o público, a inclusão de uma variedade de vozes e perspectivas também impulsiona a inovação e a criatividade. Principalmente porque é assim que marcas podem descobrir novas oportunidades de mercado e alcançar segmentos já negligenciados.

 

Emojis de pessoas mulheres diferentes

 

Diversidade na criação de conteúdo

 

Quando se fala em garantir que campanhas sejam verdadeiramente inclusivas e representativas, isso significa ir além da simples inclusão superficial de diferentes grupos ou culturas e buscar uma autêntica representação da diversidade humana.

 

Por isso, nunca se esqueça: ao selecionar imagens, vídeos e mensagens, é crucial considerar a multiplicidade de identidades, experiências e perspectivas na sociedade.

 

Partindo para o aprofundamento na linguagem, outro ponto fundamental é adotar formas que tenham um cuidado sensível, evitando estereótipos e linguagem discriminatória.

 

Ao fazer isso, dá para criar um ambiente acolhedor e inclusivo, independentemente de sua origem, identidade ou condição. Essa diversidade na criação de conteúdo pode ser um reflexo do mundo em que vivemos e uma expressão do compromisso com a igualdade!

 

Leia também: Humanização: a chave para sua marca se destacar e gerar valor aos clientes

Partindo para acessibilidade digital

 

Focar na acessibilidade digital significa garantir que o conteúdo seja possível para todas as pessoas, independentemente de suas habilidades ou limitações físicas!

 

Isso inclui tornar os sites e aplicativos compatíveis com tecnologias assistivas, como leitores de tela e teclados adaptados, além de fornecer alternativas textuais para imagens e vídeos.

 

Dessa forma, você não apenas pode cumprir com suas obrigações éticas, mas também expandir sua base de público, fazendo com que pessoas com deficiência tenham fácil acesso à sua marca.

 

Algo contribuinte nisso é a criação de um ambiente digital com design intuitivo e amigável que facilita a experiência do usuário para todas as pessoas, tornando o conteúdo mais acessível e agradável de consumir.

 

Ilustrações de pessoas diferentes

 

Sensibilidade cultural

 

Quando criamos uma campanha e a levamos ao ar, devemos saber que seu acesso pode ser de todos, qualquer pessoa pode ter conhecimento daquilo. Por isso, outro fator imprescindível é reconhecer e respeitar as diferentes culturas, tradições e valores.

 

Todas essas ações envolvem evitar estereótipos, representações superficiais e mensagens ofensivas ou que possam ser mal entendidas.

 

Com essa noção, sua marca consegue ser mais eficaz em mercados diversificados, adaptando suas mensagens e estratégias de acordo com as necessidades e preferências de cada comunidade, tornando tudo mais próximo do cliente.

 

Assim, você consegue construir pontes entre diferentes grupos e fortalece sua reputação como agentes de uma mudança positiva!

 

Leia também: Empresas devem se posicionar politicamente? Veja como o Marketing te ajuda!

 

Com a inclusão, os benefícios estarão sempre presentes

 

Trazer a acessibilidade na promoção de suas campanhas envolve um cuidado que pode ser árduo e complicado a princípio, no entanto, reúne uma variedade de benefícios, envolvendo o enriquecimento, inclusive, pessoal.

 

Ao priorizarmos a representatividade, a inclusão e a acessibilidade em campanhas, estamos não apenas construindo marcas mais fortes e autênticas, mas também contribuindo para um mundo mais justo e igualitário.

 

Entre em contato com a Atena e saiba mais! (84) 2040-1855 ou nos acompanhe pelo Instagram: @atena.marketing.

 

Vem com a gente!

Sobre o autor: Ricardo R. Nunes
Ricardo é redator da Atena, interessadíssimo em cultura pop e um constante aprendiz do uso das palavras. Já participou projetos audiovisuais em variadas funções e hoje se dedica ao aperfeiçoamento de sua escrita.
Thainá é estudante de publicidade e propaganda na UFRN, nascida em terras potiguares no dia do nordestino. Hoje está formando o time da Atena como Estagiária no time de Gestão e Estratégia. Libriana indecisa, de sorriso fácil e cachos no cabelo, acredita que a comunicação é um passo para dar visibilidade e inspirar pessoas.
Maisa é espontaneidade, é arte de museu e poesia de muro. Apreciadora de podcast, Taylor Swift e Clarice Lispector, tem descoberto mais sobre o amor ao ler Bell Hooks. Na procura do seu sonho e fugindo do sol do Piauí (como costuma dizer) veio, não ironicamente, parar na cidade do sol. Hoje, estudante de Publicidade e Propaganda na UFRN, está na Atena como Estagiária no time de Gestão e Estratégia.

Caicoense, mãe de uma menina, graduada em Comunicação e Marketing. Atua na Atena como Gestora de Projetos e Consultora. Nas horas vagas, estuda a doutrina espírita, assuntos do mundo da ufologia e atua em um projeto social que teve iniciativa desde 2020  (Instagram @mamaesquedoam).

Estudante de Publicidade e Propaganda na UFRN, Sabrina faz parte do time de Gestão e Estratégia na Atena. Amante das artes e da dança desde pequena, hoje alia sua criatividade e ensinamentos da dança à área comunicação social com profissionalismo e entusiasmo. Para além do trabalho, ela enxerga a comunicação como algo essencial ao ser humano e leva consigo o desejo de impactar o mundo através dos ideais em que acredita.
Formada em Design pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN). O meu trabalho é voltado para o mercado editorial, criação, aplicação e desenvolvimento de marcas, e mídias sociais.
Estudante de Audiovisual, Ricardo é estagiário de conteúdo. Interessadíssimo em dramaturgia para telas, se pudesse, passaria boa parte do seu dia a frente de uma TV assistindo novelas e séries ou indo a uma sala de cinema para ver filmes. Tem participado do fomento ao audiovisual potiguar, passando por experiências nas áreas de roteiro, direção e produção.
É graduada em Comunicação Social Jornalismo e mestra em Comunicação e Estudos da Mídia pela UFRN. Possui MBA em Comunicação e Marketing em Mídias Digitais pela Estácio. Tem experiência como repórter, assessora de comunicação e hoje atua como Gestora de Relacionamento e de Customer Success da Atena. No Instagram, atende por @larimouraa
Kevin é produtor de conteúdo audiovisual na Atena. Graduado em Publicidade e Propaganda pela UnP, atua no mercado publicitário potiguar desde 2011, quando iniciou sua carreira como social media e diretor de arte. Hoje, dedica-se à sua paixão pela fotografia e criação de vídeos
Amante de todas as artes, é estudante de Design Gráfico na UNP. Já passou pela pintura, teatro, dança entre outros e se encontrou no design onde ela pode expressar a arte de forma mais tecnológica.
Criador de conteúdo na Atena, Eduardo é estudante de Jornalismo na UFRN. Grande admirador das diversas expressões artísticas, ele se aventura na arte da fotografia e escreve textos, poemas e músicas. Os seus hobbies favoritos é ler livros e ouvir e analisar álbuns musicais.

Estudante de Design na UFRN, Eduarda faz parte do time de Criação de Artes na Atena. Ela também ama fazer pinturas, desenhos realistas e artísticos, esculturas e fotografia, buscando sempre deixar um pouco da sua personalidade nos seus trabalhos e artes.

Nascida em Macau, no interior do RN, Cecília é graduanda em Jornalismo na UFRN. Na Atena, é redatora e criadora de conteúdo, já na sua versão mais artística, compartilha artes manuais no seu perfil do Instagram: @espacocecissol. Ela acredita que a escrita e arte transformam vidas, e fala isso por experiência própria.

Carol é desenvolvedora front-end nascida em Osasco SP, apaixonada por tecnologia, se formou em redes de computadores e acredita que a tecnologia é um direito de todos e quer mudar o mundo através da tecnologia.

Estudante de Jornalismo na UFRN, paraibana e entusiasta de esportes. Seu passatempo favorito é ler, e a astronomia é uma das coisas que mais a fascina. Acredita na comunicação como forma de ferramenta social.

Designer durante o dia e artista no tempo livre, Asafe é natural de Feira de Santana – BA e desde pequeno sempre gostou de criar coisas. Faz parte do time de criação de artes da Atena e ama ilustração e 3D, mas secretamente tem uma grande paixão por música.

Oi, me chamo Breno. Sou apaixonado pelo mundo do design e da tecnologia. Adoro experimentar coisas novas e aprender com elas.

Alvaro Hendrick é redator e criador de conteúdo na Atena. Formado em Publicidade e Propaganda, ele também é escritor e tem alguns trabalhos publicados na Amazon. Ele também produz um podcast chamado “É Sobre Isto Podcast”, disponível em todas as plataformas de streaming.
Gestora de Relacionamento e de Customer Success da Atena, Mayse Araújo atua na área de Comunicação desde 2007, e nas áreas Comercial e Financeira desde 2013. É formada em Jornalismo, e atualmente cursa Economia na UFRN. É entusiasta do Marketing Digital e de Conteúdo, estudiosa do Feminismo e acredita na seguinte máxima: se você não entende de pessoas, então você não entende de negócios.
Sócia-diretora, e também gestora de recursos e finanças da Atena, Melissa Zanin tem uma identidade (nada) secreta de atriz e produtora. Com sangue mineiro, adora ir ao teatro, cinema, é estudante de filosofia e adora ler sobre assuntos extraterrenos (não ria). Por aqui, é também conhecida como “a mulher do dinheiro”.
Diretora da Atena, Andressa atua como jornalista e gestora de Marketing Digital desde 2011, já tendo passado pelos setores público, privado e terceiro setor, com experiência na gestão de comunicação em grandes eventos, como a Copa do Mundo de 2014. É graduada em Comunicação Social – Jornalismo (UFRN) e Direito (UFRN), pós graduada em Cinema (UFRN), e possui MBA em Marketing Estratégico (UNI-RN) e Gestão, Empreendedorismo e Desenvolvimento de Negócios (PUCRS).

Jornalismo digital

Sou pesquisador – Qual o caminho para divulgar o meu projeto acadêmico?

Jornalismo e crítica cultural

Gestão do tempo e organização

Como tirar o seu projeto do papel

Marketing para projetos culturais

Divulgação de projetos

Escrita para Web

Gestão de marketing pessoal para profissionais liberais

Gestão de marketing pessoal para arquitetos

Gestão de marketing pessoal para médicos

Gestão de marketing pessoal para advogados

Introdução à gestão de marketing para empreendedores