Preciso fazer lives para vender online?

No início da quarentena, com o comércio físico de portas fechadas, o Instagram não aguentou o número de lives que seus usuários estavam fazendo para suprir a necessidade de trabalhar com estratégias no offline.

Os profissionais liberais, os empreendedores e as marcas investiram em desenvolver seu próprio cronograma semanal de transmissões ao vivo para se fazerem presente no cotidiano dos seus consumidores. O principal meio de comunicação se tornou as mídias sociais, e a principal plataforma de vendas foram os e-commerces e aplicativos.

Em menos de 30 dias, as marcas que não estavam inseridas no mundo digital se viram obrigadas a desenvolverem suas ações no online, caso quisessem sobreviver à crise.

Uma novidade não tão nova assim

As lives não são estratégias novas quando falamos de marketing digital. Essa relação da marca com o consumidor por meio de transmissões ao vivo já existe do outro lado do mundo, principalmente na Ásia. Quando o assunto são vendas online, a China é pioneira no desenvolvimento dessa tecnologia.

Os chineses já estão acostumados a assistirem lives publicitárias onde um apresentador, que normalmente é uma celebridade ou influenciador digital, utiliza a conta da marca para falar sobre os produtos da empresa e mostrar em tempo real as suas funcionalidades e utilidades.

As marcas estão agregando valor ao seu produto através as lives shops. Faz parte da estratégia de marketing criar um storytelling, um cenário que seja propício a mostrar os produtos e serviços ofertados em alguma ação que desperte no consumidor a vontade de realizar a compra. Tudo isso é apresentando por uma figura pública que está inserida naquele segmento de mercado e que tem um poder de influência e comunicação com o público-alvo.

Então, preciso mesmo me render às lives?

Não necessariamente.

Para vender online, você não precisa obrigatoriamente fazer lives toda semana ou ter todos os recursos tecnológicos disponíveis. O importante é criar estratégias que façam sentido na gestão da marca e também para os seus consumidores – o que varia de empresa para empresa, pois os valores e a forma de se relacionar com o público são diferentes, mesmo que todas busquem o mesmo objetivo: vender mais e vender melhor.

Quer alavancar a suas vendas no mundo digital? Entre em contato com a Atena Marketing e saiba mais! (84) 2040-1855 ou no Instagram: @atena.marketing ⚔️

Sobre o autor: Amanda Lai Lee

Deixe um comentário